Quer saber qual é o segredo de uma boa redação?    
redação pronta

 

1.     Dissertação

redação pronta

Assunto: crise hídrica

Tema: as responsabilidades da falta de água no Brasil

 

Uma Aula de Má Gestão dos Recursos Hídricos

É difícil de acreditar que se fale em “seca” em um país que possui a maior reserva de água doce do mundo e uma média de chuvas anual de oitocentos milímetros. No Brasil de hoje, porém, essa é a inconcebível realidade. Um país com tantas contradições, sobretudo sociais, também não sabe gerir seus recurso hídricos de maneira apropriada e sustentável.

Assim como o Governo não dispõe de meios para aproveitar toda a água disponível em períodos de longas estiagens, também não consegue aproveitar a abundância do recurso quando em períodos chuvosos: é como ter um carro de luxo “nas mãos” e não saber guiar. O povo, de igual modo, quando não tem informação da situação do planeta, não busca o conhecimento; e quando tem acesso às campanhas de conscientização, não consegue absorver.

Em função disso, basta um período mais longo sem chuvas para que se sequem rios e reservatórios, deixando milhões de pessoas sem água ou com o acesso restrito. O Governo só começa a investir recursos ou adotar medidas de contenção quando já não há mais caminhos possíveis. Já a adesão do povo à causa é baixa; para se ter essa certeza, basta um passeio pelas ruas para se perceber pessoas exterminando o precioso líquido, em limpezas de carros e calçadas com mangueiras pressurizadas.

Em suma, o que se tem é de um lado um Governo incapaz, de outro, um povo ignorante. Uma combinação nefasta que só vai ser neutralizada se o primeiro criar meios de transpor mananciais de uma localidade à outra, fornecer recursos para que a população aproveite a água da chuva, crie campanhas mais convincentes e chocantes para a economia do líquido e, acima de tudo, invista de forma eficaz na educação, pois a falta desta é o grande entrave para qualquer campanha que vise à conscientização.

2.     Descrição

redação pronta

 

Otário Anonymous, o Anti-herói Brasileiro

Um legítimo representante do povo brasileiro! Essa é a primeira impressão que se tem ao olhar para o Otário Anonymous, um personagem criado por um anônimo no site de vídeos Youtube. Essa impressão não se desfaz ao ouvi-lo falar e defender o seu ponto de vista, no tocante às questões que ocorrem no país e que realmente fazem todo o brasileiro parecer um verdadeiro otário.

Um sujeito alto e magro, que usa um saco de papel na cabeça não apenas para ocultar a sua identidade, como também para insinuar a vergonha de ser brasileiro, em um país que a todo instante se é “passado para trás”. Olhos e bocas são projetados via efeitos de computação, para dar animação à bizarra figura. A vestimenta também é uma atração à parte: paletó e gravata pretos com luvas brancas compõem a sua  “armadura”, à semelhança de um Mister M.

A voz, fina como a de um garoto, é nitidamente adulterada, para manter o anonimato. Mas não se engane, de garoto suas palavras nada têm, mas sim o azedume de críticas contundentes a empresas, produtos e políticos que se comportam aquém do que se espera. Fala pausada, em timbre adequado e termos precisos, que sugerem estar ali uma pessoa instruída e segura em suas afirmações.

Leia também:
Redação sobre Meio Ambiente: 4 Modelos Inspiradores para Você

Apresenta opiniões próprias, sem o “eco” do politicamente correto e sem o receio de ir contra o mundo, quando necessário; não omite a opinião, mesmo quando resulta em uma ruptura do status quo; ainda assim, é entusiasmado com o seu propósito de orientar, de não deixar alguém ser enganado, evidenciando uma preocupação em ajudar o próximo. Por isso, é leal aos seus propósitos.

Esse legítimo anti-herói brasileiro tem uma vocação à pesquisa, maneja sempre bem os dados estatísticos condizentes com os seus argumentos. Em sua ideologia, autodenomina-se o pior pesadelo dos picaretas, como uma ameaça àqueles que agem com logro, pois além de não concordar com algumas imposições do Estado e do Sistema, entra em choque com eles. Como se vê, o seu claro objetivo é arrancar o saco de papel da cabeça de todos os seus iguais.

Um exemplo de ativismo, a quem o povo brasileiro muito deve, por ser porta-voz de uma indignação que só chega à garganta, mas que é calada pela força das convenções, das quais ele tem real e total imunidade.

FIQUE ATUALIZADO!
Coloque seu e-mail abaixo para receber gratuitamente nossas atualizações
 

 

3.     Narração

redação pronta

 

A Casa Viaja no Tempo

Era uma casa imponente, diferente das demais daquela rua. Não era muito grande, toda comportada em um só piso, mas tinha uma beleza comparada a de um castelo francês. Moro nela desde a primavera de mil novecentos e quatro, quando foi construída.

Os primeiros que a habitaram foi a família Menezes. Não gostava do tratamento que me davam, mas tive de aguentar por anos as grosserias de seu Agenor, o dono. Morreu viúvo e ancião. Gostei. Seu filho, Miguelzinho, veio morar comigo, com mulher e filhos. Passei a dormir em seu quarto, para pagar os anos de destrato e esquecimento que tive com seu falecido pai, que muitas vezes me fazia dormir no sombrio quintal, ao relento.

Fiquei muito deprimida quando Miguelzinho faleceu. O pobre teve um ataque letal, estrebuchando, caiu sobre mim. Nada pude fazer. A mulher e seus filhos, por desgosto, mudaram-se e não me levaram. Fiquei solitária, com o fantasma da memória daquelas pessoas. Não foi por muito, pois uma excêntrica senhora decidiu comprar a casa. Morávamos sozinhas; ela nunca recebeu visitas.

Hoje, todas as casas deste quarteirão serão demolidas para a construção de um shopping. A dona da casa foi para além das nuvens e não teve tempo de vender a casa. Serei sufocada por escombros. Aguardo agora a sentença mortal aqui, empoeirada. O verniz que me cobre já se descasca e a minha madeira está alimentando os cupins. Estou diante do iminente fim.

4.     Redação Mista

redação pronta

 

Paixão à Primeira Vista

Por que será que os seres viventes têm a inexplicável tendência a se apaixonar pelos desiguais? A paixão é como um entorpecente, que tem a propriedade de fazer uma criatura a agir fora do seu comportamento natural, como um zumbi, hipnotizado por um veneno, que adentra o cérebro e artificializa o que era puro e autêntico. Enfim, o movimento da paixão consegue a incrível façanha de perverter a predisposição de um indivíduo, de busca por afinidades, fazendo-o desejar as incompatibilidades.

Digo isso porque, por mais insólito que pareça, apaixonei-me por uma vespa. Ela era pequena e bela, tinha olhos profundos e paralisantes. Sua cor, que cor!, era de um verde-esmeralda metálico que tinha o brilho das estrelas; suas pernas, vermelhas como o fogo e bem redondinhas, encantaram-me; as asas, eram tão habilmente esculpidas que reafirmavam a perfeição da natureza. O andar, firme e seguro, transmitia a sensação de que se tratava do inseto mais completo que existia.

Leia também:
Como Começar Uma Redação em Grande Estilo? Veja 22 Ótimas Maneiras (A Décima é a Minha Preferida)

Como foi? Estava almoçando com meu amigo quando ela surgiu. Fitou-me à distância e, incontida, voou em minha direção. Não pude fugir de seu olhar. Olhando-se-nos, frente a frente, ela delicadamente deu-me um beijo. Fiquei extasiado, sem conseguir me mexer. Meu amigo, para não atrapalhar, correu. Ela não se importou com o fato de que eu era bem maior do que ela. Ela também não se importou com o fato de eu ser uma barata… Em seguida, muito possessiva, arrastou-me para a sua toca.

Você Também Vai Gostar:
Ebook Propostas de Intervenção Originais

Sobre o autor

É profissional de Letras, especialista em redação e profundo admirador da arte da escrita.

2 Comments

  1. Excelente orientações.
    Tenho dificuldades para escrever.
    gostaria de receber atualizações por E-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próximo